Alternar Nav

Compras

Com um centro histórico rico, com um ritmo urbano crescente e uma grande afluência de visitantes, Braga é uma cidade em movimento que não deixa para trás a sua história. Exemplo disso são as várias casas de comércio que ocupam a cidade, algumas delas centenárias. São mais de duas mil lojas, mais de 200 espaços de restauração e outros espaços que ocupam as praças centrais e tornam o passeio pela área pedonal do centro de Braga uma experiência dinâmica e imperdível.
Considerada uma capital de comércio, Braga guarda nas suas artérias a história e tradição que, ao longo dos anos, fez da cidade um destino para quem procura diversidade. São muitas as pequenas lojas de produtos tradicionais, seja artesanato ou gastronomia, as casas de alfaiataria, tão reconhecidas na cidade, os estabelecimentos de bens de consumo variados... Na sua essência, está um comércio tradicional, aliado cada vez mais a uma parte rejuvenescida que traz a modernidade a fachadas e interiores recheados de peças que cativam o prazer de comprar ou descobrir costumes: a visita à Casa das Bananas, na Rua do Souto, para beber um moscatel e comer uma banana é indispensável, levando um miminho de recordação da cidade. O Mercado de São João, um dos exemplos da resistência do comércio tradicional, também é um local de visita obrigatória para conhecer as conservas portuguesas, os azeites, os queijos e vinhos. Também a Queijaria Central, na Avenida Central, é uma casa com história, principalmente devido aos deliciosos queijos da serra, pães de ló e sortidos de amêndoa disponíveis para compra.
O comércio em Braga é uma fonte de vida do centro histórico, colocando em evidência um autêntico império de moda, restauração, artesanato, mercearia, etc. A Casa dos Terços, reconhecida por ser uma das mais antigas casas no centro histórico e por ter no seu íntimo belas opções de arte sacra para compra, é também um local de referência comercial, assim como a Casa dos Tecidos, um exemplo de um sector bastante procurado na cidade: a alfaiataria. Desde tempos idos que Braga é sinónimo de elegância, trazendo à cidade os fidalgos que procuravam a arte do bem-vestir. Ainda hoje, casas como a Janes Boutique, Jorge Lima ou Marques Soares são bastante procuradas na capital do Minho.
O comércio em Braga é rico, diverso e multifacetado. A grande estratégia da sua promoção está também na base de muitas das rotas e eventos culturais que se promovem na cidade, numa tentativa constante de marcar Braga como uma dinâmica Capital de Comércio dinâmica.

Sugestões

I SHOP BRAGA

Sítio internet